E se as buscas não fossem estruturadas apenas em palavras?

Os dados, seja a sua classificação, estrutura e consulta, passaram a fazer sentido para mim após o trabalho na Ouvidoria Geral do Estado. Por aqui trabalhamos na versão web do sistema e na estruturação da base de dados com o objetivo de produzir relatórios mais detalhados e fidedignos para orientar a administração pública. O grande desafio é como transformar milhares de manifestações realizadas pelos cidadãos em relatórios gerenciais, que tipo de dados solicitar ao manifestante e como organizar essa árvore de forma que ela dê bons frutos (em nosso caso: dados)

Assim como na maioria dos sistemas de busca, a nossa consulta dar-se, sobretudo pela palavra, desse modo podemos saber que o principal problema do Estado está localizado na Secretaria X e deste total Y diz respeito a problemas administrativos. São dados importantes, mas qual o problema real? E como resolvê-lo? Respostas para essas questão só na mão grande, o que significa ler manifestação por manifestação (o problema é que são 8 mil/mês). E aqui é o nosso desafio: como estruturar todos esses dados de forma relevante e, prática. Comento o resultado dessa aventura em outro post depois.

Deixando o jabá de lado, o objetivo mesmo deste post é falar da concepção de busca, baseado em Web Semântica elaborado pela Metaweb. A turma da Metaweb apostou no relacionamento entre as “coisas” , seja áudio, imagens, texto, vídeo e o mecanismo para organizá-lo em box. Nesse modelo, (mais detalhes no video abaixo) os sistemas de buscas tornam-se mais relevantes e mais rápidos. Quem também teve essa compreensão foi a Google, que comprou a Metaweb em julho desse ano.

Anúncios

Potencialize o diálogo. Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s