O que aprendi no Encontro de Blogueiros e Twitteiros com @jaqueswagner

Salvador foi palco de um momento simbólico para as mídias sociais e colaborativas e sua relação com a esfera política nesta quarta (28). No Comitê Central do PT (BA) ocorreu o primeiro Encontro de Blogueiros e Twitteiros da Bahia com o governador e candidato a reeleição Jaques Wagner e demais candidatos em sua chapa. E é daí que deriva o simbólico da frase anterior.

Simbólico, pois foi o primeiro encontro entre políticos e a base, um momento onde as barreiras e burocracias foram deixadas de lado e a interação pode fluir livremente. Ainda que a interação entre o público presente fisicamente e virtualmente com os candidatos (?) não tenha sido realizada, ocupamos (falo enquanto usuário de redes sociais e colaborador) espaço importante no debate, ocupamos tradicionais espaços de poder e mostramos, na verdade materializamos, o discurso de como as mídias sociais e colaborativas podem fazer diferença em uma eleição.

A ubiquidade da comunicação, os efeitos pós-massivos potencializados pela Internet, a colaboração, a mobilidade e, sobretudo as possibilidades da conversação mediada pela Web e as Novas Tecnologias de Informação e Comunicação, foram repetidas como mantras em um ritual xamânico durante o encontro.

E aí temos mais um momento simbólico, pois quando um político diz que a Internet mudou a forma que ele se relaciona com o seu público/eleitor e reconhece que as pessoas tem mais poder para criticar, participar e sugerir temas para a campanha após a Web justifica um candidato a reeleição (vale ressaltar Wagner lidera a pesquisa – e a regra é não se expor quando se estar em primeiro lugar) convocar blogueiros e twitteiros para um encontro.

Durante o evento, Wagner disse duas frases, permita-me o leitor repetir a palvra, simbólicas. Primeiro diz que atualmente é impossível governar sem ouvir e dialogar com a sociedade, ainda mais que a Web potencializou as esferas de debate público e a segunda – ao seu estilo: papagaio velho tem medo de aprender.

@jaqueswagner, @dilmaboyoficial e @marcelobranco

As frases não revelam apenas um pensamento de Wagner, e sim, de uma geração, um método de se fazer política, ou melhor os desafios colocados para gestores e o próprio Estado. Esse desafio já começa de certa forma na campanha. Você até pode pensar que estou muito otimista nesse post, mas os mais de dois anos trabalhando no setor público permite diferenciar quando alguma mudança substancial se desenvolve na esfera pública.

O Marcelo Branco disse que a Internet retomou o sentido do voluntariado e o seu argumento é ratificado quando você assistir o vídeo abaixo elaborado por Pedro Henrique, o famoso @dilmaboyoficial. O cabra não é filiado ao PT, estuda publicidade e disse que sua ideia foi mostrar que o jovem se interessa por política e essa era sua forma de mandar o seu recado.

É engraçado, eu sei.

O certo é que essa mudança, ou desafios colocados para a política, também influenciam a comunicação. Se a Web reconfigura as relações entre esfera política e público/eleitor, se ampliou as ferramentas para a expressões das opiniões da sociedade, a comunicação e suas respectivas estratégias devem se basear pela conversação, em resumo: o objetivo da comunicação não deve ser apenas esperar que o blogueiro ou twitteiros publique o seu release. O ideal é gerar conversação na rede, incorporar a colaboração na plataforma política e comemorar quando o cidadão expressar sua opinião sobre a campanha.

Por fim, quando é que os candidatos vão transformar suas propostas de governo, sua plataforma política em ambientes wikis para amplo diálogo e escrita coletiva?

Quando é que as imagens das campanhas estarão sob uma licença livre?

crédito das imagens: Manu Dias/Bahiafotos

Anúncios

Potencialize o diálogo. Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s