Apenas 25% dos jornais colaborativos publicam conteúdo diariamente, aponta pesquisa

Estudo da Newspaper Research Journal comprova (obviamente): o jornalismo colaborativo não “matou” e nem “matará” os meios de comunicação massivos, pelo contrário, a colaboração complementa espaços deixados pelos mass media e contribui para se “fazer” um jornalismo melhor.

Para além dos aspectos meramente jornalísticos, os pesquisadores indicam que, economicamente, os jornais colaborativos não influenciam a venda (ou a queda) dos jornais ou acesso aos respectivos sites, tendo em vista que o acesso/distribuição gratuita dos produtos colaborativos complementa o consumo, ou seja, o cidadão não deixou de comprar um jornal tradicional para optar por um veículo colaborativo.

A pesquisa levanta uma questão interessante sobre o consumo: a substituição de um veículo por outro depende: 1) os atributos do primeiro produto deixa de atender as necessidades dos leitores; 2) a substituição ocorre entre produtos semelhantes: posso trocar o The New York Times pelo CNN, visto que ambos me ofertam o mesmo produto (o que muda é a qualidade), mas não deixo de ler o NYT para ler o meu blog, por exemplo.

Nessa seara de “deixar de atender as necessidades dos leitores”, os jornais colaborativos mostram sua força em coberturas locais e preenche as lacunas deixadas pelos próprios meios de comunicação massivos, tendo em vista que os mass media se ocupam em temas relacionados à grandes áreas geográficas.

Outro ponto em que o jornalismo colaborativo se destaca é em aproveitar a própria característica da Web: conteúdo livre, interação com o leitor e mais links (geralmente para outros sites) em suas narrativas informativas.

Entretanto, o estudo que analisou 86 blogs, 53 jornais colaborativos e 63 sites profissionais, ambientados na colaboração, (entre junho e julho de 2009) apontou que apenas 25% deles publicam conteúdo diariamente. A constatação é: mesmo que as mídias colaborativas tivessem por objetivo “matar” o jornalismo tradicional não conseguiria, por uma simples questão numérica (não tem conteúdo diário e, jornal é hábito/consumo diário, ou, atualizando o jargão, em tempo real)

Anúncios

Potencialize o diálogo. Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s