Mapa colaborativo revela destruição no Rio de Janeiro após intensa chuva

Dentre as experiências colaborativas sobre a chuva que devastou o Rio de Janeiro destaco o mapa colaborativo elaborado pelo jornal O Globo para identificar as áreas atingidas e os impactos em cada lugar da cidade.

comentei aqui que os mapas funcionam tanto quanto um “infográfico”, complementar a uma reportagem multimidia, ou pode ser a própria interface para a distribuição de notícias, tendo como filosofia o jornalismo hiperlocal.
O Globo poderia ter evoluído mais e criado uma página específica com destaque para a colaboração, com fotos, vídeos e, principalmente, um agregador de tweets sobre o caos na capital carioca. Poderia agregar também outros formatos midiáticos com um stream da rádio Globo ou vídeos da própria Rede de Globo.

Algo próximo dessa aposta multimidía foi realizada pelo G1, que articulou bem os conteúdo da Globo News, Rádio CBN e Twitter (transmissão ao vivo). Um blog especial foi criado para “agregar” as últimas notícias e informações sobre o evento e bastante destaque para os flagrantes dos cidadãos, na velha fórmula de usar os cidadãos-repórteres onde a onipresença jornalística não chega.

Mais uma vez (e até quando vamos repetir isso?) o Twitter foi a melhor fonte para manter-se informado, fugir de engarrafamento e afins….

Anúncios

Potencialize o diálogo. Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s