The New York Times cobrará por conteúdo na Web

Quando o Rupert Murdoch anunciou que alguns dos seus jornais (News Corp) passarão a cobrar por conteúdo em 2010, disse que a medida contrapõe a tendência do ciberjornalismo, em disponibilizar conteúdo de forma gratuita através da Web e, se der certo, irá inaugurar um novo momento para o jornalismo.

Como era de se esperar, a decisão do Murdoch iria influenciar outras empresas de comunicação. Agora, nada menos que o The New York Times, disse que também cobrará por conteúdo veiculado na Web a partir de 2011 (na verdade voltará a cobrar). O jornal é líder de audiência entre os diários norte-americanos com 17 milhões de visitas mensais.

O presidente da The New York Times Company, Arthur Sulzberger, explicou que os usuários terão uma cota (sem especificar a quantidade) para ler os artigos gratuitos e, ao ultrapassar esse limite, será cobrado uma taxa dos leitores. Para quem torce o nariz com a decisão dos jornais cobrarem por conteúdo, entre 2005 e 2007, o The New York Times possuia 200 mil assinantes, que pagavam uma taxa de 50 dólares anual.

Anúncios

Potencialize o diálogo. Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s