Marc Augé fala sobre não-lugares e sobremodernidade

http://video.globo.com/Portal/videos/cda/player/player.swf

Em entrevista ao programa Milênio, o etnólogo francês, Marc Augé comenta sobre a obra de Lévy-Strauss, não-lugares e sobremodernidade. Para ele, não-lugares são espaços de comunicação, circulação e consumo. Esses espaços tem se ampliado e alterado a própria noção da cidade, de mudança do centro, tornando-se apenas pontos de passagem.

“Estamos mais longe de onde estamos e a tecnologia possui grande influencia neste processo”, explica Augé, referindo-se a sociedade moderna e as relação entre as pessoas e a relação com o lugar.

Anúncios

Uma resposta para “Marc Augé fala sobre não-lugares e sobremodernidade

  1. This jumperoo is a good! We got them anytime the boy ended up being six weeks older, and even though this individual was first too small to medium sized for doing this, the guy match throughout the cushioned couch which includes a rolled-up baby blanket for a enhancer vehicle and certain huge textbooks according to an individual’s base. He / she before long became into it and was lunging similar to a guru. He has at this moment being unfaithful time outdated and still really loves the application.

Potencialize o diálogo. Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s