5% das contas geram 75% das mensagens que circulam no Twitter

Estudo da Sysomos Inc. aponta que 5% das contas é responsável por 75% das mensagens que circulam no Twitter. Ainda de acordo com a pesquisa, 24% de todos os tweets são gerados automaticamente por máquinas (bots), mas grande parte é oriunda de sites noticiosos ou serviços. Certamente, estes dados podem assustar, mas revelam que mesmo em comunicação em rede a mediação é fundamental para o fluxo de informação. Porém, tal mediação em um ambiente rizomático, de escrita coletiva, visa mais o diálogo do que a pura transmissão de informações.

Pausa para teorizar…

Os dados ratificam o potencial do Twitter para o compartilhamento de conhecimento e rede social baseada em informação. Penso que o Twitter é o melhor exemplo de gatewatching.  Com a liberação do pólo emissor, novas vozes puderam se somar ao coro midiático. Entretanto, essa mudança ocorre não apenas na publicação de novos conteúdos a partir das novas tecnologias de informação e comunicação, mas observa-se a reconfiguração das zonas de filtragem do fluxo comunicacional.

A filtragem das mídias colaborativas não possui o mesmo caráter racional do gatekeeping nos mass media: o gatewatching contribui para o debate interno de determinada comunidade ou, geralmente, a mensagem publicada, mesmo que citada na grande mídia, é recontextualizada e ganha um novo sentido no debate público. O gatewatching não está relacionada ao habitus jornalístico, mas à uma etapa a discussão.

De volta aos dados…

Quando o assunto é atualização (em relação ao top 5%), 32% dos tweets são realizados por bots, em uma média diária de 150 tweets sobre notícias, promoções, previsão do tempo e afins. Uma boa notícia é que a Foxnews é a que possui maior tweets por dia (135,83). Para quem pensava que os jornais ainda não descobriram o Twitter.

O Brasil ocupa o quinto lugar (o que representa 2% dos usuários) entre os países que mais usam o Twitter. Um dado interessante é que os usuários de iPhone e iPod  no Brasil ocupam a décima primeira posição com 0,67% dos acessos no que tange o uso dos aparelhos por país. A pesquisa analizou 11,5 milhões de contas em todo mundo, com destaque para:

– 85,3% dos usuários postam menos de uma atualização por dia;
– 21% nunca publicaram um tweet;
– 93,6% têm menos de 100 seguidores;
– As mulheres lideram os usuários com 53% contra 47% dos homens;
– Mais de 50% dos tweets são publicados via ferramentas móveis e/ou Web;
– O TweetDeck é a mais popular ferramenta do Twitter, com 19,7% dos usuários;
– Nova York é a cidade com maior número de usuários do Twitter, seguida por Los Angeles, Toronto, São Francisco e Boston. Em Detroit foi registrado o maior crescimento de janeiro a maio de 2009;
– 50% dos usuários possuem de 20 a 29 anos

Vale a pena conferir o estudo na íntegra o relatório geral e a pesquisa sobre os 5% mais ativos no Twitter.

Anúncios

2 Respostas para “5% das contas geram 75% das mensagens que circulam no Twitter

Potencialize o diálogo. Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s