Análise da Conferência de Comunicação Social da Bahia

AGECOM

Com a realização da 1ª Conferência de Comunicação Social, a Bahia desponta no cenário nacional como referência no debate sobre políticas públicas no que tange a comunicação. Na plenária final foram aprovadas mais de 35 resoluções acerca da temática, em âmbito estadual e nacional, após três dias de intensos debates.

No total foram oito plenárias territoriais, que envolveram mais de 2 mil representantes de diversos setores da sociedade baiana. Em cada etapa solidificava-se a concepção de que a comunicação é um direito e democratizar os meios de comunicação é essencial para o fortalecimento da democracia. Não resta dúvidas de que só com a mobilização social as 35 resoluções serão efetivadas. A Conferência foi apenas o primeiro passo, para atingir tais objetivos a caminhada será longa.

Penso que os pontos abaixo foram os mais significativos durante a Conferência:

– ruptura com 16 anos de silêncio no que tange os debates sobre comunicação;
– a importância da criação da Secretaria Estadual de Comunicação e implantação do Conselho Estadual de Comunicação, com caráter deliberativo, para gestão da política de comunicação do Estado da Bahia;
– reformulação, pelo Congresso Nacional, da legislação de radiodifusão comunitária desburocratizando os tramites legais para abertura dessas rádios.
– ampliar as verbas de publicidade para as mídias alternativas da capital e do interior baiano;
– criação de uma rede pública de comunicação, que envolva TV, rádio, internet, impresso e afins;
– os produtos comunicacionais devem atentar para as particularidades territoriais;
– criar Conselhos Territoriais de Comunicação para dialogar com os poderes públicos acerca da comunicação;
– Implantação de rádios e TV`s comunitárias;
– utilizar as novas tecnologias de informação e comunicação na relação ensino-aprendizagem, bem como capacitar professores, facilitadores, agentes comunitários para o uso dessas ferramentas e melhorar a qualidade dos equipamentos das escolas e levá-los aos centros comunitários, sindicatos e afins.
– a educomunicação, artecomunicação são metodologia fundamentais para o ensino na sociedade da informação;
– garantir acesso gratuito a banda larga em todo Estado;
– a transformação dos Centros Digitais de Cidadania em “Centros de Comunicação Pública”, formado por equipe multidisciplinar (artistas, professores, comunicadores…) para compartilhar conhecimento, sendo a gestão compartilhada com a comunidade, visando adequar as atividades dos Centros mais próximas das pessoas e de acordo com a realidade local.
Quem paga a conta é o poder público e/ou iniciativa privada. Além disso, esses Centros de Comunicação Pública devem ter equipamentos multimidiaticos para fomentar a produção da comunidade. A idéia é a criação de um portal colaborativo para veiculação dos produtos realizados nos Centros e que as escolas, associações comunitárias/moradores e afins utilizem também os Centros para educar/profissionalizar.

Por fim, o Movimento Pró-Conferência Nacional de Comunicação realizou reunião histórica aqui em Salvador, onde foram definidas as estratégias para a tirar o evento do papel. Senti falta dos blogueiros (veja como foi fraca a cobertura da blogosfera aqui e aqui), cidadãos-repórteres e pesquisadores de comunicação no debate. A transformação se faz na rua camaradas…

*crédito da foto: Robson Mendes / AGECOM

Anúncios

6 Respostas para “Análise da Conferência de Comunicação Social da Bahia

  1. Pingback: Anônimo

  2. Pingback: PLC 89/2003 prejudicará redes wi-fi « Herdeiro do Caos

  3. Pingback: Etapa baiana para 1ª Conferência Nacional de Comunicação deve ocorrer em outubro | Herdeiro do Caos

  4. celia santos fonseca ,dijalma alvaro dos santos ,rosaria alcantra dos santos estamos se cadrastrando na coferencia estadoal de comunicacao social presidente da umiao de mulheres

  5. Pingback: Inscrições abertas par etapa baiana da Conferência Nacional de Comunicação | Herdeiro do Caos

  6. Pingback: Inscrições abertas para etapa baiana da Conferência Nacional de Comunicação | Trezentos

Potencialize o diálogo. Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s