Google Maps é utilizado para monitorar raios

elat.jpg

O Grupo de Eletricidade Atmosférica (Elat) finalizou a integração dos dados de descarga da Rede Brasileira de Detecção de Descargas Atmosféricas (BrasilDat) à plataforma Google Maps. A finalidade do projeto é proporcionar as empresas de energia elétrica ou seguradoras para conferir se são procedentes reclamações de clientes quanto a descargas elétricas e aparelhos danificados.

A ferramenta do Google será utilizada para acompanhar a incidência de raios em qualquer região do Brasil, ou mesmo de outros países, pela internet. A única queixa é que o serviço não está disponível aos usuários da internet, de acordo com Ministério da Ciência e Tecnologia, responsável pelo projeto, ainda é necessário criar uma legislação para regulamentar o uso da plataforma pelo público.

Estranho, já que a motivação do Elat é monitorar a incidência de raios no Brasil, porque que não abrir o acesso aos usuários para que esses também tenham provas numa eventual queixas as empresas de energia elétrica? Curioso, dinheiro público à serviço do capital e acesso impedido ao usuário.

Anúncios

Potencialize o diálogo. Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s