IG: o capitalismo midiático continua o mesmo

Após o estardalhaço da retirada do ar do site “Conversa Afiada”, de Paulo Henrique Amorim, uma lição aprende-se dessa história toda:

“A única responsabilidade social de uma empresa é aumentar seus benefícios” (Friedman)

Em tempo de jornalismo open source, web 2.0, mídia pós-massiva e receptor ativo, IG mostra que as lógicas empresarias pouco mudaram. O cliente tem sempre razão? Que nada. Dane-se o consumidor. Sim, porque no entender as empresas de comunicação a notícia é um mero produto e o leitor um simples consumidor.

<<Os leitores do IG protestaram. Leia aqui>>

Não me perguntem os motivos do IG ter retirado o site do ar sem nenhuma explicação. Assim, como não me perguntem os motivos do Paulo Henrique Amorin, com o capital simbólico que possui ficar atrelado a um portal como o IG. Já não passou da hora dos jornalistas deixarem de ser operários da comunicação e cuidarem de suas próprias vidas?

E aí, as faculdades desempenham um papel fundamental. Ouço muitas queixas de que a academia não está concatenada ao mercado e/ou demandas sociais. Mas são poucos os debates sobre como o recém-formado pode ganhar dinheiro, com blogs, por exemplo. As faculdades precisam estar atentas aos novos nichos de mercado e possibilidades empreendedoras.

No final, quem perdeu foi o IG, porque o Paulo Henrique Amorin já está de casa nova. Escreveu ele em seu site:

“Essa é a virtude a internet: último reduto do jornalismo independente.”

Pelo visto aprendeu a lição.

Anúncios

2 Respostas para “IG: o capitalismo midiático continua o mesmo

Potencialize o diálogo. Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s