Síntese do hibridismo/mestiçagem

Como conforme prometido em post anterior, fiz um pequeno resumo do que fora debatido ontem lá na pós-graduação, no Seminário Hidrismo/Mestiçagem.

A idéia foi explorar as noções (aceitando a provocação de Goli Guerreiro, que trabalha com noções em contraponto a conceitos) de mestiçagem e hibridismo. A mestiçagem foi trabalhada como um cruzamento entre as raças/etnias, sincretismo o contato entre as religiões e o hibridismo como uma noção mais apropriada para explicar os encontros culturais modernos. O suporte teórico foi dos pensadores Néstor Canclini, Peter Burke e Serge Gruzinski.

Para problematizar o hibridismo fora pensado no contexto da cibercultura, que fora entendida tanto como espaço de sociabilidade e ferramentas para o desenvolvimento de novos produtos. A cibercultura potencializa a produção híbrida a partir do momento em que altera a concepção de espaço x tempo, ruptura das fronteiras, liberação do pólo de emissão que reconfigurou a sociedade pós-moderna. Um exemplo (e foi esse o recorte da apresentação) é a música eletrônica, uma vez que é calcada pelo remix, mistura e trocas (P2P) culturais em um cenário (ciberespaço) efêmero e mutável. Daft Punk, Gorillaz, Mutantes, Asian Dub foram os exemplos do hibridismo digital = novas ferramentas, membranas no lugar de fronteiras e integração do virtual x real.

Como novidade citei o exemplo da campanha da Sony, que fora estruturada em bases colaborativas e contou com a participação de 128 músicos (cada um executou apenas uma nota da música). A Sony disponibilizou um banco de .mp3 e partituras para o remix. O outro exemplo foi o Vside, projeto que tem característica estruturais do Second Life, porém o seu enfoque é na produção artística via cenários virtuais conectado, possibilitando criar ritmo, instrumentos, formar concertos, bandas e demais relações musicais.

Anúncios

Uma resposta para “Síntese do hibridismo/mestiçagem

Potencialize o diálogo. Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s