Novo Código de Ética dos jornalistas ratifica concepção velha da profissão

Como resultado do Congresso Extraordinário dos Jornalistas, realizado em Vitória (ES), nos dias 3, 4 e 5 de agosto de 2007, a categoria passa a ter um novo Código de Ética.

Por falar em Ética, Lenin não disse que seria ela a estética do futuro?

O texto final foi divulgado pela FENAJ – Federação Nacional dos Jornalistas – com mais de um mês de atraso. Prova de que nem a entidade e tampouco a categoria utiliza as novas tecnologias para o desenvolvimento de sua atuação.

Em suma, não houveram muitas alterações no Código que já vigorava há 20 anos. O jornalismo ainda é visto sob o ótica moral do interesse público, reforçou-se o campo social dos jornalistas e o acesso à este, visto que permanece a visão esquizofrênica de que só pode ser jornalista quem possui diploma e, o pior: o diploma é visto como garantia qualitativa na produção de conteúdo.

<<Confira na íntegra o novo Código de Ética>>

Anúncios

Uma resposta para “Novo Código de Ética dos jornalistas ratifica concepção velha da profissão

  1. Pingback: Entrevistas revista Imprensa « Herdeiro do Caos

Potencialize o diálogo. Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s