Philip Meyer e o fim dos jornais

Você sabe o irá acontecer no ano de 2043? Não? Nem eu…

Mas Philip Meyer sabe: neste ano os jornais guarda-chuva (generalistas) irão desaparecer.

Já na Introdução do seu livro “Os jornais podem desaparecer?”  Meyer aponta:

“O jornalismo está em apuros. Este livro é uma tentativa de fazer algo a respeito”.

Um dos pontos chaves  da tese é revelar que o jornal generalista e o histórico modelo de “um mosaico de interesses específicos”, não atende as exigências dos leitores, ainda mais com o surgimento da internet que preencheu os “vazios” deixados por esses jornais.

“Ao atender de modo cada vez mais eficiente quem busca informação segmentada, a internet acelera essa tendência em direção a públicos menores”.

Meyer destaca que mesmo as novas formas midiáticas com qualidade, atualmente, sejam desenvolvidas por não-jornalistas”, o jornalismo pode funcionar como negócio em meio às mudanças tecnológicas do presente e do futuro.

Esse é objetivo do seu livro.

Dica do Jornalismo e Comunicação 

Anúncios

Potencialize o diálogo. Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s